A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Paulo Nogueira Batista Jr.

Economista, foi vice-presidente do Novo Banco de Desenvolvimento, estabelecido pelos BRICS em Xangai, e diretor executivo no FMI pelo Brasil e mais dez países. É autor do livro "O Brasil não cabe no quintal de ninguém", lançado pela editora LeYa. E-mail: [email protected] Twitter: @paulonbjr Canal YouTube: youtube.nogueirabatista.com.br
Paulo Nogueira Batista Jr: Lula às voltas com o capital financeiro.

Boa parte do capital aderiu à frente ampla formada para derrotar o bolsonarismo nas eleições e agora quer cobrar caro pela sua participação.

Lula volta para fazer mais e melhor

Veja a opinião do economista Paulo Nogueira Batista Jr sobre os desafios a serem enfrentados por Lula em seu novo governo

Lula enfrentará agora o terceiro e o quarto turnos!

O poder econômico-financeiro tem um objetivo primordial, garantir que Lula fuja o mínimo possível do script tradicional

Problemas da Arca de Noé do Lula

Veja a opnião do eocnomista Paulo Nogueira Batista Jr. sobre os rumos da frente ampla formada em torno de Lula

Um olho no peixe, outro no gato!

A arca de Noé do Lula tem sido merecidamente elogiada. Trata-se de uma construção brilhante e bem brasileira

Segundo turno: a ultradireita contra a Arca de Noé

Paulo Batista Nogueira Jr: Será que Lula não deve recalibrar a campanha no segundo turno?

Independência ou morte!

A independência em 1822 foi um grande feito luso-brasileiro, em especial porque foi alcançada sem romper a unidade nacional, preservando o imenso Brasil que temos até hoje

Bolso – a parte mais sensível do corpo humano

A natureza do desafio salta aos olhos. Bolsonaro faz. Lula promete fazer. Bolsonaro desembolsa. Lula promete desembolsar

O declínio do Ocidente

A resiliência ocidental foi maior do que imaginavam os detratores. As formas de dominação mudaram, mas o domínio não foi superado. Por Paulo Nogueira Batista Junior

O fim do pesadelo está próximo

Sabem que não há chance de vitória no segundo turno, dada a alta rejeição do presidente. Mas no segundo turno, especula-se, haveria a oportunidade de tentar um golpe e melar tudo

Oportunidade de ouro para o Brasil

Por uma feliz coincidência cabe ao Brasil exercer em 2024 tanto a presidência de turno do G-20 como a dos Brics!

Conselho Monetário Nacional e Banco Central – uma revisão necessária

No governo Bolsonaro o CMN foi esvaziado com a transferência de funções estratégicas para o BC. Decisões estratégicas foram transferidas para um BC autônomo em relação ao governo eleito

1 2 3 6